5 dicas para criar uma hashtag de sucesso

Nascida de um conceito simples, a propagação de hashtags em pequenas publicações teve sua origem no Twitter. Bastava adicionar o símbolo “#” na frente das palavras para que seu tweet pudesse ser visualizado e acessado por usuários de todos os cantos do planeta.

A hashtag passou a funcionar como uma ferramenta para agrupar tweets sobre determinados assuntos que os usuários estavam falando no momento, permitindo que as pessoas pudessem realizar buscas com base em palavras específicas para receber uma lista com os tweets que utilizavam essa menção em específico.

Não demorou muito para que profissionais de marketing, vendas e todo o tipo de comunicador descobrissem que esse simples recurso poderia oferecer um universo de possibilidades. Não é por acaso que as hashtags dominaram todas as redes sociais, aplicativos como o Instagram, blogs e sites do mundo inteiro. Por isso, no artigo de hoje mostraremos 5 dicas para criar uma hashtag de sucesso. Continue a leitura para conferir! 

1. Keywords simplificadas

Por conta do hype das redes sociais e a revolução nas formas de nos comunicarmos que a tecnologia proporcionou, é muito comum nos depararmos com várias palavras e até mesmo frases em uma mesma hashtag, não é mesmo? Pois, muitos usuários utilizam a hashtag como uma forma de destacar a moral de uma mensagem ou divertir-se com seus amigos.

Entretanto, as hashtags têm um poder de potencializar os resultados de busca por um determinado assunto, produto ou serviço. Isso significa que elas funcionam como as palavras-chave em conteúdo escrito para web. Ou seja, se forem utilizadas da forma adequada, podem alavancar os resultados nos mecanismos de busca.

Considerando os mesmos princípios de SEO para otimizar o uso de palavras-chave em um texto publicado na internet, uma hashtag de sucesso precisa ter de duas a três palavras. Não é coincidência que o Twitter, um dos maiores responsáveis pela propagação do uso de hashtags, só permite 140 caracteres por tweet. 

Dica extra: Separe o início de cada palavra com letras maiúsculas para facilitar a leitura.

2. Fácil entendimento

Se à primeira vista não é possível entender o que está escrito na hashtag, então descarte essa ideia, pois ela não funcionará. Outro princípio de SEO muito importante para construir conteúdo escrito é a “escaneabilidade” (termo criado por profissionais do setor) de um texto.

A “escaneabilidade” nada mais é do que aquela famosa “lida por cima” do conteúdo que as pessoas fazem de forma inconsciente e que pode determinar seu interesse ou desinteresse pela leitura. Por exemplo, ao nos depararmos com um texto muito longo, com poucos parágrafos, palavras complexas e escrita não rítmica, é natural que o interesse seja reduzido e a fluidez da leitura seja baixa.

Portanto, seja curto, direto e preciso em suas hashtags, por exemplo: #DicasParaHashtag.

3. Cuidados com a composição

Pense no usuário que fará a busca pela hashtag, considerando o que o motivaria a fazer tal busca e a forma como ele escreveria. Escolha palavras simples, curtas e que tenham uma chance menor de serem escritas erradas. Considere também as gírias, termos e expressões que os usuários estão usando no momento. 

4. Aceitação do público

Uma das funções mais úteis das hashtags é o fato de elas permitirem que possamos analisar quais temas, assuntos, séries, programas, livros, filmes, músicas, artistas, tendências de moda e até memes que estão em alta no momento. Por isso, é importante verificar se sua hashtag será bem aceita pelos usuários e se ela já está em uso.

Além disso, é necessário conferir se as palavras que farão parte da hashtag estão relacionadas ao tema que você deseja abordar e “viralizar”.

Vale lembrar que alguns assuntos podem acabar gerando efeitos opostos aos esperados, causando discórdias e polêmicas entre os usuários, portanto devem ser evitados – política e religião, por exemplo.

5. Uso com moderação

Em um dos tópicos anteriores falamos sobre o cuidado com a quantidade de palavras em uma hashtag. O mesmo se aplica ao número de hashtags em uma publicação.

Alguns usuários entendem que hashtags longas dificultam a leitura e não geram muitos resultados, mas a ambição os leva a exagerar no número de hasgtags aplicadas em um único post, o que também acaba gerando um resultado negativo. Excesso de hashtags transmite uma impressão de spam, causando a rejeição instantânea do usuário. O recomendado é usar até três hashtags no máximo.

Ainda tem dúvidas sobre como criar uma hashtag de sucesso? Então deixe o seu comentário para que possamos ajudar!