Casando em Portugal, ora pois!

Brasil e Portugal nunca estiveram tão próximos, mesmo sendo um na América do Sul e o outro na Europa.

Portugal é a queridinha do momento e cada vez mais procurado por casais que buscam, cenários maravilhosos da Europa e com uma série de vantagens em relação ao planejamento.

Terra do famoso poeta Luís de Camões, e conhecida pela terra do Fado, nos traz paisagens lindíssimas, como castelos, vinícolas e praias de águas transparente.

O idioma

Ora pois…sem dúvida apesar de algumas palavras serem bem diferentes no nosso vocabulário como por exemplo, camisola ( ser camisa ) e rapariga (ser senhorita)…o idioma facilita muito na hora de falar, contratar os fornecedores e principalmente assinar os contratos.

Receptividade dos portugueses

Os brasileiros sempre são recebidos com muito carinho, simpatia e educação, tornando a viagem ainda mais gostosa e dando aquela sensação de estar em casa, tanto para os noivos como para os convidados.

Gastronomia

Esse é um fator predominante nos casamentos portugueses…não é só de bacalhau que vivem os portugueses. Esse prato típico e facilmente encontrado em praticamente todas as regiões do país! Porém, os portugueses possuem uma culinária riquíssima devido ao contato que tiveram com diferentes culturas, trazendo um cardápio variado, que muda de acordo com a região e produtos locais.

No Brasil, na maioria das vezes, os convidados se levantam e se servem. Já em Portugal, normalmente, inicia-se com uma sopa de entrada, o coquetel/aperitivos logo após a cerimônia, seguidos por um jantar sentado e servido à mesa, normalmente com 4 pratos, até os buffets de sobremesa e queijos no decorrer da festa. Ao final da noite é ainda servida uma pequena ceia.

Vinhos

Para os amantes de vinho, vão encontrar uma grande variedade de rótulos com preços bem mais em conta do que aqui. E que tal realizar o casamento em uma quinta, que possa oferecer sua própria produção de vinho?!

Seja qual for sua escolha estará bem servido.

Decoração

Aqui menos é mais e os portugueses não costumam gastar muito com decoração. Não se gastam com muitas flores e o ambiente tem uma decoração mais leve e clean. A decoração não é o fator principal e sim a gastronomia que brilha por aqui.

Podem ser usadas flores na decoração, mas é preciso estar atento a época do ano que vai se casar…Também encontramos por lá as hortênsias, as peônias, as rosas, o dendrobium, as orquídeas, o lisanthus, a gypsophila (mosquitinho), o dente de leão, as margaridas, entre outras.

Em Portugal o local já tem a beleza da paisagem e não precisam se preocupar com tantos lustres e flores.

 

Diversão na Pista

Sem dúvidas nesse quisito os brasileiros são muito mais animados, sempre com DJ ou Banda, o importante é agitar a galera para dançar a noite inteira.
Já nos casamentos portugueses é contratado um DJ e um animador de festa, para criar brincadeiras entre os convidados, ou um DJ que já faça essa animação. A diferença aqui é cultural, os brasileiros são mais expansivos que os europeus.

Palácios, Quintas ou Hotéis…veja algumas opções

Palácio Nacional da Pena, eleito como uma das sete maravilhas de Portugal, o Palácio Nacional da Pena encontra-se situado na histórica Vila de Sintra. Com amplos terraços, varandas e salas de utilização exclusiva é perfeito para o evento que pretende realizar.

A Sala dos Veados é ideal para a realização da cerimónia civil de casamento e possui um terraço privativo onde poderá ser servido um cocktail de recepção exterior.

A Sala D. Fernando II, com capacidade para 130 pessoas, é fantástica para um requintado jantar de casamento.

O Forte da Cruz oferece um ambiente de elegância, conforto e requinte que, aliado á excelência do Penha Longa Catering, proporciona as condições ideais para a realização de um casamento inesquecível.

Com ares de castelo medieval, de influência mourisca, é a residência do embaixador da Ordem de Malta. Localizado a poucos metros do famoso Cassino de Estoril – inspiração para o filme 007 – e de frente para a praia do Tamariz, de onde se pode apreciar um incrível pôr-do-sol, a construção data do século XVII. Além de um belíssimo salão de jantar, com paredes adornadas por muita madeira, arabescos em ouro e pinturas à mão, há uma área para eventos. Em seu interior, 110 convidados podem ser servidos sentados à mesa, e, usando o exterior, 270.

A Quinta de Sant’ana, em Sintra, também nos arredores de Lisboa, oferece não apenas o bufê como também hospedagem num mesmo lugar. Com capela, hotel e duas opções de salões de evento, a Quinta de Sant’Ana alia a comodidade com o charme de um casamento na vinícola. A propriedade tem know-how na realização de casamentos e pode cuidar desde a assessoria e decoração floral ao fornecimento do vinho produzido no próprio local. Fica a poucos minutos da cidade litorânea de Ericeira.

Monte do Ramalho é o local perfeito para a realização de eventos como casamentos, batizados, corporate, entre outros.

Com diferentes espaços amplos, interiores e exteriores, o que permite a criação de vários ambientes, com total privacidade e conforto e em perfeita harmonia com a tradição e arquitectura local, o Monte do Ramalho é sem dúvida nenhuma um local de eleição para o seu evento.

Entre os espaços que reservamos à produção de eventos, temos 3 pavilhões cobertos com diferentes capacidades, uma eira tradicional alentejana, uma capela com mais de 100 anos que permite a realização de eventos religiosos, uma piscina biológica e muitos espaços verdes.

O hotel Four Seasons Ritz Lisbon é o principal de Lisboa e conta com diversas opções de cenários. As recepções podem ser realizadas no luxuoso salão nobre, estilo Copacabana Palace, ou num salão com acesso a um varandão com vista para o Parque Eduardo VII. Da assessoria à decoração floral, o hotel está preparado para indicar os melhores profissionais da capital portuguesa.O Four Seasons também organiza casamentos no Convento do Beato e no Pátio da Galé.

 

Se você já se casou em Portugal, conte para gente sua experiência!