Cinco dicas para ter um casamento longo e saudável

Cinco dicas para ter um casamento longo e saudável

É interessante notar como os casais de noivos se planejam com tanta antecedência e dedicação para a sua cerimônia e festa de casamento, mas se preparem tão pouco para a vida de casados que as sucede. Não é à toa que a taxa de divórcio de jovens casais é tão alta: muito se fala, mas pouco se estuda a respeito de relacionamentos.

Como evitar que isso aconteça? Uma boa ideia é inserir, desde cedo, bons hábitos de relacionamento na rotina do novo casal. Confira no nosso post de hoje quais são as cinco principais boas práticas que você e seu noivo devem começar a nutrir, desde já, para um casamento saudável e duradouro.

As 5 principais boas práticas para um casamento pleno e satisfatório

1. Conversar exaustivamente sobre os sonhos e expectativas de cada um sobre o relacionamento

Imagine um casal apaixonado que, logo após o casamento, se descobre num dilema: o esposo imaginava que começariam a produção de um bebê logo no primeiro ano, enquanto a esposa sonhava com uma potencial mudança para estudos no exterior. Ou ainda, um casal recém-casado em que a esposa gostaria de se mudar para o interior para que a família a ajudasse a cuidar dos filhos, enquanto o esposo não consegue enxergar oportunidades profissionais fora dos grandes centros urbanos.

Essas diferenças de planos e expectativas são o principal fator destruidor de casamentos. Para evitá-lo, é preciso que seu casamento tenha sólidas bases na conversa e na troca, com muito papo sobre as expectativas de cada um para o casal, para os filhos, para o futuro e para o estilo de vida que irão construir em conjunto.

2. Apoiar incondicionalmente os planos e sonhos individuais

Quando casamos, é comum começarmos a traçar planos para o futuro do casal. E, quando fazemos isso, ainda mais no auge da paixão, acabamos por abandonar sonhos individuais muito queridos para nós. Embora no início do casamento você possa pensar que seus sonhos não importam tanto quanto a família que está ali sendo construída e constituída, com o passar dos anos esse abandono pode trazer mágoa e até ressentimento.

Para evitar que isso aconteça, converse com o seu parceiro sobre os seus sonhos, por mais impossíveis ou bobos que possam parecer: países que sonha conhecer, cidades que sonha morar, um doutorado que sonha concluir ou uma nova faculdade que gostaria de cursar. Da mesma forma, escute os sonhos dele. E pensem, em conjunto, como poderiam ajudar a realizar os sonhos um do outro.

3. Incentivar a vida criativa de cada um

A rotina de um casal moderno é puxada: trabalhar, estudar, pagar as contas e dividir as tarefas domésticas para, então, poder descansar aos finais de semana. Nessa correria, é muito comum deixarmos de lado uma parte de nossas vidas que é essencial para nossa saúde mental e emocional: a esfera criativa.

Seja qual for a arte que você ou o seu noivo costumam nutrir, é importante darem espaço e incentivo para que cada um continue praticando – ou comece a praticar – o que verdadeiramente os completa. Dança, pintura, desenho, escultura, canto, música, yoga, jardinagem… Se permitir criar espaço para uma nutritiva vida criativa significa semear a plenitude e a satisfação pessoal, em vez da ansiedade e da angústia.

4. Proteja o espaço privativo de cada um

Não é nada saudável que um casal faça praticamente tudo junto. É preciso separar tempo para termos privacidade. Ir malhar sozinha, ficar em casa só num sábado à tarde, sair em um programa só com as amigas, ir visitar um parente querido em outra cidade, passar o domingo em um museu ou assistir àquele filme que só você gosta.

Aqui, a dica é conseguir praticar essa recomendação como uma via de mão dupla, ou seja, não apenas crie o hábito de se divertir sozinha, mas dê espaço para que seu noivo também o faça.

5. Namorem!

Continuar namorando como faziam antes do casamento é essencial para um relacionamento saudável. Afinal, dormir juntos, visitar a sogra e cuidar dos cachorros não configura o chamado quality time de casal, tão imprescindível para manter a intimidade e o companheirismo.

Uma forma interessante de fazer isso é criar rituais especiais: tomar um café da manhã de cinema juntos todos os dias, ir ao cinema todas as segundas-feiras, sair pelo menos uma vez a cada quinze dias para conhecerem um restaurante novo, fazer um passeio ao ar livre todos os domingos, entre outras ideias.

Procurando uma forma de manter o equilíbrio no relacionamento? Confira esse nosso post e entenda a importância de uma boa divisão de tarefas domésticas para o seu casamento!