Não dê apenas flores no dia das mulheres

Não dê apenas flores no dia das mulheres

É provável que você tenha acordado hoje com uma série de mensagem de Feliz Dia das Mulheres nas redes sociais e no Whatsapp. Muitas delas devem ter veiculado conteúdos como “Parabéns pela sua garra, pela sua força, por estarem ao nosso lado, e serem tão importantes na vida de muita gente”.

O Dia da Mulher se tornou uma importante data comercial para empresas venderem produtos e serviços para serem entregues como mimos para suas funcionárias, e para pais, esposos e namorados presentearem suas parceiras e filhas.

E esse comportamento, influenciado enormemente pelas mensagens veiculada pelas grandes agências de publicidade e pela mídia, acabam por soterrar o verdadeiro significado da data.

Origem da data do Dia da Mulher

Diferente de muitas outras datas comemorativas do ano, como o Dia dos Pais e o Dia das Mães, o Dia da Mulher foi instituído pelas Nações Unidas para lembrar as importantes lutas e conquistas do movimento feminista. A data escolhida foi o dia 8 de março pois, nessa data, em 1857, ocorreu uma grande manifestação de mulheres operárias do setor têxtil nova-iorquino. As manifestantes ocuparam uma fábrica para protestar contra as péssimas condições de trabalho. O desfecho foi uma tragédia: elas foram reprimidas com violência, foram trancadas na fábrica e o prédio foi incendiado. Cento e trinta mulheres morrem queimadas naquele dia.

Dia da Mulher: uma importante data para os direitos das mulheres

O movimento feminista foi protagonista da conquista de uma série de importantes direitos das mulheres, como o direito de votar, de se divorciar, direito de licença maternidade, e ter acesso à métodos contraceptivos. Para quem acha que isso é coisa do passado e que todos os direitos já foram consagrados, lembre-se que até bem pouco tempo atrás, para sermos exatos, em 2011, ainda existia no Código Civil brasileiro o direito de um homem devolver a esposa para sua família, até dez dias depois do casamento, se descobrisse que ela não era mais virgem.

E não é apenas nas nossas leis que encontramos disparidades de gênero impensáveis.  Segundo um levantamento realizado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), as mulheres latino-americanas ganham muito menos do que os homens, mesmo possuindo um maior nível de escolaridade. Apenas comparando-se salários médios, os homens chegam a ganhar em média 10% a mais que as mulheres, quando ocupando os mesmos cargos.

Hoje, muitas outras questões estão sendo discutidas em âmbito nacional e internacional na tentativa de promover a igualdade entre homens e mulheres no mundo contemporâneo. Pautas como o aumento da licença maternidade, equiparação de salários, divisão de tarefas domésticas e oportunidades igualitárias no mercado de trabalho são assuntos super atuais e extremamente relevantes para construirmos uma sociedade mais justa.

E se você quer, de fato, mostrar para as mulheres da sua vida o quando considera importante essas questões tão inerentes à dignidade do gênero feminino, não dê apenas flores no dia das mulheres apoie-as nessa luta!

A Print Fun apoia a luta pela conquista de direitos das mulheres e acredita na busca pela igualdade de gêneros! Apoie você também!