Vai casar? Então, prepara-se para essas 8 coisas que vão acontecer no primeiro ano de casados!

Vai casar? Então, prepara-se para essas 8 coisas que vão acontecer no primeiro ano de casados!

Vai se casar? Ótimo! Os detalhes da cerimônia e da festa já estão fechados, mas vale a pena dar uma paradinha para refletir um pouco sobre o que vai acontecer no primeiro ano de casados. A experiência prova que uma vez indo bem nesta primeira etapa na vida do casal, a tendência é que possivelmente vocês vão celebrar aniversários de casamento por muitos e muitos anos.

8 coisas que vão acontecer no primeiro ano de casados

1. Não há problema sem solução

Prepare-se! Vai ser muito bom! Mas vocês precisam estar preparados para alguns obstáculos também. Afinal, dividir o mesmo espaço com uma outra pessoa e viver todas as emoções diárias em dupla significa também vencer alguns problemas. Claro que vão acontecer algumas conquistas, mas também frustrações. O jeito será encarar de frente sem considerar que são problemas indissolúveis.

2. Tem que regar todo dia

Uma certa tensão entre o casal é natural e muito comum. A tão desejada cumplicidade entre os dois vai ser construída com o passar do tempo. Não imagine que já nas primeiras semanas de casados isto já estará estabelecido. É como uma flor delicada que tem que ser regada todos os dias para crescer saudável.

3. A forma de falar do outro

Esteja pronto pra chamar seu parceiro de forma diferente. Sai o “meu namorado”, entra o “meu marido” e assim com a namorada e esposa. Uma certa sensação de estranhamento pode aparecer, mas não demora muito para o seu vocabulário conviver perfeitamente com estas novas nomenclaturas.

4. Novo estado civil

Vai ser bom reservar um tempinho para mudar seu novo estado civil em documentos, perfis nas redes sociais, fichas de cadastro e em alguns contratos, por exemplo. Esta atualização é importante tanto quanto se lembrar de escrever “casado” ou “casada” quando for preencher aquela ficha na chegada no hotel que vai perguntar seu estado civil. Lembre-se que se você mudou de nome, é importante alterar todos os documentos pessoais.

5. Quando vem a cegonha?

Da mesma forma que a sociedade cobrou até agora perguntando quando iria sair o casamento, agora as cobranças serão sobre quando vem o herdeiro. Não se estressem com isso. Se já sabem a resposta, falem o que está combinado; se ainda não resolveram sobre isso, o jeito é brincar e explicar que estão treinando, mas não sabem quando chegará o bebê.

6. Muita calma nesta hora!

Partilhar a casa, o carro, as compras do supermercado, a TV, o fogão e as mesmas viagens pode significar algumas discussões e momentos de tensão. Muita calma nessa hora! É assim mesmo. Não se esqueçam do respeito por meio do qual prometeram se tratar no altar. Troque as brigas por diálogos e, certamente, chegarão a um denominador comum.

7. Depois da tempestade, vem a bonança

Se as brigas forem inevitáveis, lembre-se que depois de toda tempestade vem a bonança. Faça com que os momentos de reconciliação sejam maiores e mais intensos e garanta que as alegrais e prazeres da lua de mel se estendam para os anos seguintes da vida em comum.

8. As saudades são inevitáveis

E se, por ventura, em algumas situações aparecer na sua cabeça a pergunta: “Será que eu fiz um bom negócio me casando?”, relaxe! Isto também é normal. Afinal, você vai deixar pra trás algumas coisas que te davam satisfação. Com o passar do tempo, você vai perceber que uma coisa compensa a outra e passará a valorizar as delícias da vida a dois.

E você? Qual a sua expectativa em relação à vida de casado? Conte pra gente nos comentários!